19 de abr de 2014

50 anos do golpe de 1964: conhecer para não repetir

SECRETARIA MUNICIPAL DE DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA DA PREFEITURA DE SÃO PAULO REALIZA, APOIA E DIVULGA ATIVIDADES PARA O CINQUENTENÁRIO DO GOLPE DE 1964

O objetivo é estimular a reflexão sobre o período da ditadura no Brasil e as suas implicações nos dias atuais.

Em 2014, completam-se 50 anos do golpe de Estado de 1º de abril de 1964, responsável por instalar no País uma ditadura civil-militar que se estendeu por mais de 20 anos. Um período severamente marcado pelo autoritarismo e por graves violações aos direitos humanos, que até hoje não foram totalmente reveladas. Neste ano também são comemorados os 35 anos da Lei de Anistia e os 30 anos da campanha Diretas Já!, que compuseram a caminhada de enfrentamento ao regime ditatorial, formalmente encerrado em 1985.

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) da prefeitura de São Paulo realiza uma série de atividades no marco do cinquentenário, a fim de estimular a reflexão sobre esse período de exceção e suas implicações nos dias atuais. Para Carla Borges, coordenadora de Políticas pelo Direito à Memória e à Verdade da SMDHC, o debate e a reflexão estabelecem um cenário de promoção da democracia: “Relembrar os 50 anos do golpe de 1964 é fundamental para conhecermos mais sobre esse período da nossa história e também uma oportunidade para refletirmos sobre seus impactos em nossa democracia ainda incipiente dos dias atuais. Por isso, todas as atividades da nossa programação trazem como pano de fundo o debate sobre o direito à memória e à verdade ontem e hoje”.
Além de reunir as atividades realizadas e apoiadas pela Secretaria, este site pretende ser um calendário unificado de ações da sociedade civil relacionadas ao marco. Se quiser ter a sua atividade divulgada aqui, escreva para memoriaeverdade@prefeitura.sp.gov.br.

Nenhum comentário: