17 de out de 2013

Depois da Educação, agora é a Saúde. Presidente do Sindicato dos Servidores Estaduais desmonta a'maravilha' do governo Roseana Sarney.

bil email
Depois da Educação, agora é a Saúde. Presidente do Sindicato dos Servidores Estaduais, Cleinaldo  Lopes, desmonta a'maravilha' do governo Roseana Sarney.
SERVIDORES DA SAÚDE DO ESTADO DO MARANHÃO EM LUTA POR JUSTIÇA E DIGNIDADE
PELA MANUTENÇÃO DA GRATIFICAÇÃO DE PRODUTIVIDADE DO SUS!

O SINTSEP-MA convoca todos os companheiros e companheiras que trabalham nas unidades de saúde do estado do Maranhão para manifestação em protesto contra a retirada da gratificação de desempenho, também conhecida como gratificação de produtividade do SUS, no próximo dia 24 de outubro, quinta-feira, comconcentração às 8 horas na biblioteca pública Benedito Leite (Praça Deodoro).

Essa gratificação é paga com verba federal, através da secretaria de saúde do estado, aos servidores que trabalham nas unidades de saúde como uma compensação pelo trabalho essencial e penoso que desempenham.

É uma renda que alguns servidores recebem há 30 anos. é um direito previsto em lei, fundamental para garantir dignidade e qualidade de vida para os trabalhadores e trabalhadoras da saúde.

O SINTSEP-MA já tinha alertado os servidores e servidoras, através de seu boletim eletrônico, e denunciado nos meios de comunicação e redes sociais, citando o caso dos companheiros de Timon que já tinham sido afetados com essa medida.

O secretário de saúde Ricardo Murad se manifestou logo em seguida, em rede social, pedindo que os servidores “não acreditassem em boatos”. infelizmente, tudo indica que boato era a nota do secretário, pois, agora, os gestores das unidades de saúde estão promovendo reuniões nos locais de trabalho, comunicando a decisão da secretaria de saúde do estado de retirar esta gratificação de produtividade (ou desempenho, ou simplesmente SUS).

Por isso, os servidores da saúde, convocados pelo SINTSEP/MA, reuniram-se no auditório da OAB, quarta-feira, dia 16, e decidiram reagir.
Não podemos aceitar que a gratificação do SUS seja retirada de maneira arbitrária, repentina e ilegal. Vamos nos mobilizar, resistir e exigir o que é nosso!

A saúde pública é feita por cada servidor. A saúde do Maranhão não pode ter um dono. Queremos justiça para quem trabalha em favor da vida e da saúde do povo do Maranhão.
Todos à praça Deodoro, dia 24 de outubro (quinta-feira), às 8 horas, para nossa “marcha por justiça e dignidade para quem cuida da saúde e da vida”.

Vamos caminhar juntos até o Palácio dos Leões, denunciando esse desmando do governo do estado e da secretaria de saúde e reivindicar o que é nosso: pela manutenção da gratificação de desempenho do SUS!

O SINTSEP/MA reivindica que o pagamento da gratificação de desempenho seja disciplinado e detalhado por lei estadual com percentual definido para cada categoria, e que seja creditado na conta de cada servidor que efetivamente trabalha nas unidades de saúde da secretaria estadual de saúde.

Por CLEINALDO LOPES, presidente do SINTSEP-MA
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Nenhum comentário: