27 de abr de 2009

Movimento Estudantil deve resurgir no Brasil

ESTUDANTES OCUPAM SEDE DO DCE-USPP
PELA LIBERDADE DE ORGANIZAÇÃO E AUTONOMIA DOS ESPAÇOS ESTUDANTIS

O espaço, que havia sido fechado pela Reitoria, foi retomado ontem à noite Desde 2006, com o argumento de reforma e regulamentação do espaço, a Reitoria manteve a sede do DCE fechada. Agora, terminada a reforma, a Reitoria simplesmente informou ao DCE que o espaço seria controlado por ela, acabando com a histórica autonomia financeira e política dos estudantes.
Na sexta (24) à noite, a assembléia geral dos estudantes da USP, com mais de 400 presentes, decidiu retomar o espaço, que foi ocupado e agora está sob controle estudantil!

Essa ocupação é o primeiro passo na luta em torno dos 3 eixos aprovados na assembléia

NENHUM CENTAVO A MENOS PARA A EDUCAÇÃO! A crise econômica vai gerar impactos catastróficos sobre o orçamento da Universidade. O ICMS - cuja parcela é o único sustento das estaduais paulistas - sofreu uma queda na ordem de 20%. Esse cenário anuncia um corte de verbas no nosso orçamento por parte do governo Serra.

ABAIXO A UNIVESP! No final de 2008 foi aprovado o programa UNIVESP, que aprofunda a precarização da educação através do ensino à distância nas estaduais paulistas. Aqui na USP já foram criadas 360 vagas de licenciatura em ciências.

ABAIXO A REPRESSÃO! Para implementar esses ataques, a Reitoria vem encaminhando processos de sindicância contra estudantes e funcionários devido a greves e à ocupação da Reitoria de 2007, assim como a retirada de espaços estudantis e a demissão do funcionário e diretor do Sintusp, Brandão. Para barrar esses ataques à universidade, a assembléia apontou a construção de uma grande mobilização unificada das três categorias com perspectiva de uma greve das universidades estaduais paulistas.

Assembléia dos estudantes da USP 6a às 18h na SEDE do DCE entre o bandejão e a Reitoria. Paralisação unificada de estudantes, funcionários e professores para o dia 5 de maio com realização de ATO unificado.
URL:: http://brasil.indymedia.org/pt/blue/2009/04/www.movimentonn.org/territoriolivre

Nenhum comentário: