7 de mai de 2015

Mudança na prática 23: Governador Flávio Dino anuncia a construção de três CVTs em três dos 30 municípios com pior IDH


O governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou na tarde desta quarta-feira (06), durante reunião com o ex-deputado federal do Ceará, Ariosto Holanda, e com o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré, a construção de três Centros de Vocação Tecnológica (CVT) em três dos trinta municípios com pior IDH. Os CVT’s são e serão, criados tais como o CVT Estaleiro-escola, vinculados à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

O governador esclareceu que o objetivo é garantir capacitação profissional para áreas específicas do conhecimento, atendendo a demanda de cada uma das regiões do município onde o Centro de Vocação será instalado. Assim, o governo investe na democratização do saber e valoriza o mercado regional com mão de obra capacitada e produtos qualificados, trabalhando desenvolvimento social e econômico de maneira sincronizada.

Para o secretário Bira do Pindaré, a implantação desta três unidades é de extrema importância para a população maranhense, sobretudo nestes municípios com o pior IDH, vez que é um instrumento indispensável para a levar capacitação tecnológica e extensão para as comunidades mais pobres do Maranhão.

“É o caminho principal que temos para dar oportunidade aos jovens e, dessa forma, abrir novas perspectivas de vida. O governador acerta mais uma vez porque cumpre os compromissos que assumiu na campanha, que são para nós, mais que bandeiras de luta. Precisamos de ações emergenciais, mas precisamos, sobretudo, de ações estruturantes. Os CVT's se integram exatamente nessa dimensão, como uma medida para mudar a realidade das pessoas”, comemorou o secretário.

O ex-deputado Ariosto Holanda, idealizador dos Centros de Vocação Tecnológica, disponibilizou todo o projeto de construção e implantação para o Estado. Ele parabenizou o governador Flávio Dino e o secretário Bira do Pindaré pela disposição de trabalhar para mudar a vida das pessoas e promover o desenvolvimento que, conforme ele, o Maranhão tanto precisa. E defendeu que o governo busque apoio nacional e no setor privado para a construção de outras unidades do CVT.

Nenhum comentário: