12 de out de 2014

Indicados para a Casa Civil e Articulação Política falam sobre transição e metas de Governo


Anunciados como primeiros nomes a compor a Equipe de Governo de Flávio Dino a partir de 2015, Marcelo Tavares e Márcio Jerry defendem o diálogo, a transparência, honestidade e eficiência para oxigenar a política do Estado e implantar o novo modelo político defendido por Flávio Dino durante toda a campanha. Em entrevista, os dois contam sobre os próximos passos da Equipe de Transição e prioridades que marcarão a gestão.

Melhorar os indicadores sociais do Estado, dar continuidade ao diálogo com movimentos sociais e atuar em consonância com o Programa de Governo apresentado ao povo foram os itens destacados por Márcio Jerry, que exercerá cargo de Secretário de Articulação Política e Assuntos Federativos.

Já Marcelo Tavares, que atuará na Casa Civil, pontuou que a gestão Flávio Dino dará o exemplo desde o início, cortando gastos supérfluos e investindo para melhorar a qualidade de vida do povo maranhense. Ele falou também sobre os primeiros passos da transição entre o atual e o próximo governo, que inicia esta semana.


MARCELO TAVARES – CASA CIVIL

Sua equipe começa, na próxima semana, a transição entre o atual e o próximo Governo. Pela sua atuação como deputado, acredita que terá dificuldades em receber informações do atual governo? Qual sua avaliação preliminar sobre as contas e contratos do Estado?

Em primeiro lugar, espero que não tenhamos dificuldades. A boa política em que nós acreditamos diz que esse é o melhor caminho. Não tenho razões para, de forma antecipada, afirmar que haverá dificuldades porque o atual governo faz oposição ao nosso grupo. Entendo que a eleição acabou. Descemos do palanque e temos a responsabilidade de administrar bem o Maranhão. Essa é a missão que temos sob a liderança do nosso governador Flávio Dino. Acredito que o atual Governo não tem razões para atrapalhar e a transição feita de forma transparente é muito importante para que iniciemos 2015 sem perder muito tempo. Sobre contratos e contas, tenho muita preocupação em relação aos empréstimos. Queremos conhecer exatamente os compromissos assumidos pelo atual governo que podem comprometer o equilíbrio fiscal dos próximos anos. Vamos atuar nos próximos 3 meses para evitar isso.

Como a equipe de transição vai atuar para garantir o repasse de informações sobre contratos empréstimos da gestão Roseana Sarney?

Vamos conhecer a realidade das contas do Governo e a partir dela planejar os primeiros dias de gestão do governador Flávio Dino. Acreditamos que não teremos dificuldades em conseguir informações e vamos constatar isso na próxima semana, quando anunciaremos a nossa equipe de transição. Caso haja alguma dificuldade, buscaremos a Justiça através da legislação que já existe. Mas acho que não será necessário ir até esse ponto.


Como candidato, Flávio Dino construiu uma campanha com a marca do diálogo. Neste momento de transição entre um modelo político concentrador de poder e um novo modelo baseado na Democracia, oque a população do Maranhão pode esperar como marca do Governo de Flávio Dino?

Eficiência, transparência e honestidade. Estas serão nossas três marcas principais. Vamos deixar isso bem claro dando exemplo desde o primeiro dia. Evitando gastos supérfluos, investindo no que está em nosso Plano de Governo e que representa o anseio de milhões de maranhenses. Esta é a orientação do governador eleito e nós como equipe de governo teremos essa meta. Neste momento, vamos fazer o reconhecimento de campo e já planejar os primeiros atos de Governo para que as respostas sejam dadas com agilidade para a população, de forma transparente e prezando sempre pela honestidade com a coisa pública.



MÁRCIO JERRY – ARTICULAÇÃO POLÍTICA E ASSUNTOS FEDERATIVOS

A coligação que elegeu Flávio Dino teve como marca a harmonia entre diferentes forças políticas e sociais em nome de um projeto de superação do período oligárquico. Em um Governo de coalizão, quais serão os maiores desafios políticos a serem enfrentados?

Manter esse campo unido em torno do governo, em torno do trabalho concreto para mudar o Maranhão, para alterar positivamente os indicadores sociais. Flávio Dino tem grande capacidade de liderança e a exercerá plenamente para que o Programa de Governo apresentado ao povo seja implantado. Em torno desse compromisso é que nos manteremos unidos.

Como será possível fazer um Governo que dialogue ao mesmo tempo com a classe política e os movimentos sociais?

O povo deu um recado claro nesta eleição, há consenso sobre isso. O povo organizou num certo sentido o posicionamento dos políticos, apontou o rumo. É preciso enxergar isso, tirar consequências práticas, concretas. Não há contradição entre movimentos sociais e a classe política, desde que estejamos claramente posicionados e comprometidos com esse grande desafio que é mudar o Maranhão.

Como o senhor espera que se dê o diálogo do Governo de Flávio Dino com as instâncias nacionais? Nesse sentido, qual será o peso da saída de José Sarney do Congresso e da vitória com grande vantagem nas urnas?

Temos uma eleição presidencial ainda em curso e qualquer que seja o resultado buscaremos o governo federal. Flávio Dino tem uma legitimidade muito grande conferida pelo povo, pelas urnas, para apresentar ao governo federal uma pauta de parceria e alcançar o objetivo de melhorar significativamente todos os indicadores sociais do estado.

Na sua avaliação, quais serão as principais mudanças no cenário político maranhense nos próximos meses e como o senhor pretende conduzir essa transição que não é só política, mas também social?

É uma transição que será conduzida pelo governador Flávio Dino e executada por seus auxiliares, entre os quais eu na Articulação Política. E haverá muitas mudanças no cenário político derivadas do resultado eleitoral, é natural. Muda a atitude de governança, o modo de governar. A república foi proclamada no Maranhão. Creio numa grande oxigenação do espaço político, com respeito a todos, com respeito às diferenças e com esforço focado, concentrado em articular um grande pacto que una o Maranhão em defesa e garantia de melhores condições de vida para todos.

Nenhum comentário: