25 de jun de 2014

Flávio Dino tem 38 pontos na frente de Edinho Lobão

Instituto DataM avaliou quadro da eleição estadual. O oposicionista Flávio Dino lidera a corrida, seguido de Edinho Lobão Filho com 20,7%.
Com vantagem de quase 38 pontos em relação ao segundo colocado, Flávio Dino (PCdoB) seria eleito governador pelo Maranhão – é o que traz a pesquisa do Instituto DataM contratada pelo jornal Atos e Fatos. Se as eleições fossem hoje, o pré-candidato da oposição teria 58,2% dos votos maranhenses, contra 20,7% de Edinho Lobão Filho (PMDB) apoiada pelo grupo Sarney.
Às vésperas das convenções que confirmarão as candidaturas partidárias, a pesquisa DataM/Atos e Fatos avaliou o desempenho de todos os pré-candidatos com candidaturas colocadas até o momento. Em terceiro lugar estaria José Luís Lago (PPL) com 1,5%, seguido de Saulo Arcângeli (PSTU) com 0,9% e Antonio Pedrosa (PSOL) com 0,3%. Brancos e nulos somam 5% e não responderam resultam 13,5% dos entrevistados.

Este é o cenário que dá início às eleições de 2014 no Maranhão, que promete ser polarizada entre Flávio Dino e Edinho Lobão Filho. O primeiro representando o grupo de oposição e o segundo com apoio do grupo Sarney, que hoje ocupa o Palácio dos Leões.

Num eventual segundo turno, em que haveria disputa direta entre os dois, Flávio Dino venceria com 62,9% dos votos contra 21,8% de Edinho Lobão Filho. 10,6% não souberam responder e 4,6% disseram que votariam em branco ou nulo. No cenário vizinho ao início da disputa eleitoral, Flávio Dino mantém a vantagem nas pesquisas que tem sido divulgadas desde 2013.

Num eventual 2º turno, Dino venceria com mais de 40 pontos de vantagem.
Num eventual 2º turno, Dino venceria com mais de 40 pontos de vantagem.

A pesquisa foi realizada em 50 municípios e ouviu 1499 eleitores de todas as regiões do estado entre os dias 18 e 23 de junho. Seu registro está na Justiça Eleitoral com protocolo MA-0015/2014 e BR-00183/2014.

Edinho possui maior rejeição entre candidatos
A pesquisa avaliou ainda a rejeição dos pré-candidatos ao Governo. Perguntados “em quem não votariam de jeito nenhum”, 31,5% dos eleitores responderam rejeitar a candidatura de Edinho Lobão, seguida de rejeição de Antonio Pedrosa que apresentou 13,8% neste quesito, Saulo Arcangeli com 9,4%, Zé Luís Lago com 9% de rejeição e, por último, Flávio Dino, com 8,6%.
Nessa questão, 2,6% disseram que votaria em todos, 4,1% responderam branco ou nulo e não sabem/não responderam somou 20,8% dos entrevistados.

Com o site - http://www.marrapa.com/Leandro Miranda.
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Nenhum comentário: