5 de out de 2015

Mesmo depois de abocanhar 7 ministérios, o PMDB de Eduardo Cunha insiste no impeachment de Dilma.

Mesmo depois de dar sete ministérios ao PMDB, inclusive a deputados ligados a Eduardo Cunha, a presidente Dilma Rousseff e seu núcleo político ainda temem possibilidade de o presidente da Câmara dar seguimento aos pedidos de impeachment; formulado pelo ex-petista Hélio Bicudo, o principal pedido continua na mesa do presidente de Cunha; é provável que ele também rejeite esse pedido, mas aí é que está o perigo; numa possível manobra já articulada, a oposição, em seguida, recorreria ao plenário para que a maioria dos deputados desse a palavra final sobre o assunto; seria possível assim abrir o processo de impeachment e afastar Dilma da Presidência sem vincular Cunha diretamente à iniciativa. Com Brasil 247.

Nenhum comentário: