13 de abr de 2015

Encantou-se Eduardo Galeano, nesta manhã de abril

Foto de um usuário.
Encantou-se Eduardo Galeano, hoje (13), por volta das 9h. A informação foi confirmada por Eric Nepomuceno, cujo irmão é casado com a filha do escritor uruguaio. A teoria dos seis graus afirma que entre quaisquer duas pessoas no mundo há, no máximo, seis graus de relação pessoal; ou seja, por meio de seis contatos pessoais, você e o Papa podem estar conectados. Com Galeano, eu, que nunca o vi pessoalmente, só preciso transpor um único grau, representado pelo meu amigo Rogério Tomaz, frequentador da casa dele. Por isso, envio um abraço enlutado ao Rogério.
Assim, sinto abraçar também ao mais distinto cidadão da nossa Pátria Grande-A AMÉRICA LATINA- e desejo luz para sua passagem. Sua obra já é parte da nossa história, da nossa alma, e servirá ainda, por muitos anos, à causa da nossa emancipação.
Em 2009, o presidente da Venezuela Hugo Chávez presenteou seu colega americano, Barack Obama, com o livro As Veias Abertas da América Latina, clássico ensaio do escritor e jornalista uruguaio Eduardo Galeano. O exemplar estaria autografado pelo autor.
Seu último livro Espelhos (2008) consiste em quase 600 histórias breves que, segundo Galeano, proporcionam ao leitor “viajar através de todos os mapas de todos os tempos, sem limites”.
Os espelhos estão cheios de gente.
Os invisíveis nos vêem.
Os esquecidos nos lembram.
Quando nos vemos, os vemos.
Quando nos vamos, eles se vão?
Este livro foi escrito para que não partam.
Nestas páginas unem-se o passado e o presente.
Renascem os mortos, os anônimos têm nome:
os homens que ergueram os palácios e os templos de seus amos;
as mulheres, ignoradas por aqueles que ignoram o que temem;
o sul e o oriente do mundo, desprezados por aqueles que
desprezam o que ignoram;
os muitos mundos que o mundo contém e esconde;
os pensadores e os que sentem;
os curiosos, condenados por perguntar, e os rebeldes e
os perdedores e os lindos loucos que foram e são o
sal da terra.

Nenhum comentário: