12 de ago de 2014

Para o bem do povo do Maranhão, Roseana Sarney deveria renunciar ao governo

Por Gilberto Lima
Não dá mais para varrer a sujeira para debaixo do tapete. A roubalheira está às escâncaras. O Brasil todo viu e continua vendo, no Jornal Nacional e nas redes sociais, mais um escândalo envolvendo o (des)governo de Roseana Sarney. Podridão pura. Coisa de máfia. Coisa de quadrilha. Coisa de saqueadores. Coisa de bandidos!

Os envolvidos no escândalo do pagamento de precatórios à Constran, via doleiro Alberto Youssef, são do staff do (des)governo Roseana. Entre os citados, está João Abreu, homem de confiança de Roseana Sarney e Jorge Murad, governador de fato.

Mais um escândalo de corrupção para explicar porque o Maranhão figura sempre como líder em tudo o que não presta. Pior educação. Pior saúde pública. Pior infraestrutura. Piores políticos. É o Piorão. Graças a essa gente nefasta, mesquinha, desonesta. Que rouba o dinheiro da merenda escolar, da saúde, da educação. Que rouba a esperança de um povo sofredor.

É chegado o momento de Roseana Sarney e sua trupe do mal abandonar o Palácio dos Leões. Há muito tempo, perdeu a condição moral de continuar à frente do governo. Que vá desfrutar dos mais de 150 milhões de dólares depositados em bancos nas Ilhas Caymãs, segundo o Wikileaks (Leia aqui). 
 
Vai deixar para trás um estado falido, endividado, arrasado por cinco décadas de desmandos da última oligarquia do país. Vai e não deixará saudades!

Para o bem do povo do Maranhão, governadora, antecipe seu embarque para Miami, antes que a PF bata à porta do Palácio dos Leões!

Nenhum comentário: