23 de jun de 2014

Há 10 anos o Brasil dava adeus a Leonel Brizola

Eri Castro compartilhou a foto de Lindberg Farias.

Há 10 anos, o Brasil perdeu uma das mais importantes lideranças políticas de sua história, o ex-governador do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, Leonel Brizola. Para aqueles da minha geração que defendem o interesse dos trabalhadores e a radicalidade democrática, Brizola sempre foi uma grande referência. Para mim, em especial, ele sempre foi um exemplo. A coragem de Brizola na defesa da democracia, com a Rede da Legalidade, é um dos episódios que considero referência para a minha formação política.

E por que para mim esse momento é um exemplo? Porque na vida pública é preciso ter coragem em momentos cruciais. É claro que buscar o consenso e tentar criar condições para evitar enfrentamentos é elemento fundamental na política, mas nem sempre isso é possível. E nesses momentos duros, Brizola foi um dos maiores. Ele nunca capitulou. Sempre manteve-se firme nos seus propósitos e seguiu em frente.

Além dessa sua característica especial, todos que falarem sobre Brizola também terão de falar de como a educação era uma obsessão para ele. O velho Briza sabia que a transformação de um povo e de um país só acontece se ele tiver plenas condições de escolher o seu rumo e seu destino. E quanto mais acesso a conhecimento, formação e informação ele tiver, mais preparado para isso será.

Queria deixar minha homenagem a essa grande homem público e a toda a sua família.

Viva Brizola!
Brizola vive!

Nenhum comentário: