21 de abr de 2014

Aldo Fornazieri: " A vida de um filósofo, sociólogo e pequeno camponês"

VIDA DE PEQUENO CAMPONÊS: Todo pequeno camponês que se prese tem suas criações. Eu tenho gansos. galos e galinhas, marrecos e cães. Os gansos cumprem a função de sentinelas avançados na divisa. Sempre que algum inimigo se aproxima eles dão o alerta e os cães passam a ficar em prontidão. 

Nas noites que faz calor, aparece sempre também o Chico (sapo). Ele entra na varanda para pegar mosquitos e outros insetos. Todos os meus animais são de estimação, jamais para consumo, pois até parei de comer carne. Eles têm plena confiança em mim e fazer algo de ruim para com eles seria crime de alta traição. Mas eles me dão uma alegria indescritível, pois têm sensibilidade e sabedoria. 

Não há nada de mais encantador para um camponês do que ouvir o galo cantando nas madrugadas, chamando uma aurora risonha. Sempre rezo para que São Francisco de Assis os proteja, assim como aos animais das florestas e aos pássaros dos céus.
Foto de Aldo Fornazieri.

Nenhum comentário: