14 de mar de 2014

Força Sindical apoia Assembleia preparatória para possível Greve da Polícia Militar no Maranhão.

Foi realizado ontem a noite em São Luis, no auditório da FETHAEMA, pça da Biblia centro da capital, uma grande assembleia geral, envolvendo Policiais militares  e Bombeiros, com ativa participação da Força Sindical no Maranhão. Na oportunidade, a categoria decidiu esperar por uma posição oficial da governadora Roseana Sarney, até o dia 19 de Março, para tomarem uma decisão, quanto a possibilidade de paralisação geral por tempo indeterminado, das atividades da Polícia Militar e Bombeiros, no Estado do Maranhão, já a partir do dia 20 de março, quando haverá nova e decisiva assembléia, as 16 horas, no mesmo local.

Em novembro 2011, esses mesmos  policiais militares e bombeiros do Maranhão, realizaram uma greve histórica no estado, que durou exatos nove dias. Na oportunidade o ato paredista da categoria contou com total e decisivo apoio da Força Sindical no Maranhão e da direção nacional da Central, que enviou para o estado o ex ministro do trabalho, Rogério Magri e os diretores nacionais, Geraldino Santos e Jefferson Silva, que participaram intensamente das negociações com o governo do estado do Maranhão.

Para o presidente estadual da Força Sindical, Frazão Oliveira, as reivindicações dos policiais militares e bombeiros do Maranhão são  justíssimas, visto que o governo do Maranhão não vem cumprindo nada do que foi negociado na greve de 2011 e  parece que aquele exemplo não serviu para esse governo, disse Frazão.

Da assessoria.
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.


Nenhum comentário: