23 de fev de 2014

Prefeitura de Fortaleza fará rede cicloviária de 304 km. Boa ideia para Edivaldo Holanda Jr

Nota do Jornal Pessoal Eri Castro: A prefeitura precisa apresentar para a população de São Luís um conjunto de intervenções a curto,médio e longo prazo para a  mobilidade urbana. Ciclovias, novas avenidas e ruas inter-bairros, novo anel viário- interligando a litorânea até o Araçagy, Maioba, Miobão,Cidade Operária, Cidade Olímpica, Santa Barbára, Maracanã, Itaqui-Bacanga e uma nova ponte ligando à litorânea- e trilhos.

  


O Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) deverá propor cerca de 230 novos quilômetros de ciclovias e ciclofaixas para Fortaleza. Do total, no entanto, apenas 46,5 km já possuem projeto e verba para implantação. A informação foi divulgada ontem durante a apresentação pública da primeira fase de elaboração do PDCI, no Cuca da Barra do Ceará. O projeto, elaborado pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), deverá ser concluído em abril e levado para votação na Câmara Municipal de Fortaleza até julho.

“Um plano é diferente de um programa de obras. Ele é a ferramenta principal que a gente precisa para que as ciclovias que estão implantadas e que vão ser implantadas não funcionem de forma isolada”, comentou o titular da Seinf, Samuel Dias. Segundo o secretário, já existem 46,5 km de ciclovias que deverão ser construídos em cinco anos por projetos como o Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) e a requalificação da Orla de Fortaleza.

Outros 15 km, de acordo com Dias, deverão ser licitados a partir dos estudos realizados pelo PDCI e implantados no primeiro semestre de 2015. Ao todo, o projeto apresentado propõe uma rede cicloviária de 304 km para a Capital, além da implantação de três Áreas de Tráfego Lento, vias compartilhadas por carros e bicicletas com velocidade máxima de 30km/h, na Messejana, no Centro e no Conjunto Ceará.

Avaliação positiva
O ciclista Felipe Alves, diretor da Associação dos Ciclistas Urbanos de Fortaleza (Ciclovida) avaliou o projeto inicial apresentado como positivo. “As premissas para o plano são bem interessantes. Mas, pra gente ter certeza que tudo vai sair as mil maravilhas, precisamos ter certeza que a lei vai conter todas as diretrizes necessárias e que ela realmente seja aprovada”.

Serviço
Sugestões ou críticas ao plano podem ser enviadas para a Seinf até 15 de março através do Facebook ou de email:
http://on.fb.me/1mrElynouvidoria.seinf@fortaleza.ce.gov.br

Nenhum comentário: