3 de jan de 2014

Judiciário: O único poder sobrevivente da monarquia, ilegítimo e antidemocrático

 Jorge Moreno
O único poder sobrevivente da monarquia, ilegítimo e antidemocrático, precisa ser refeito para se adequar ao Estado Democrático de Direito. Debate inevitável: quando a sociedade fará isso? Até quando se aceitará que pessoas, escolhidas por "apadrinhamento", continuem legislando e julgando a bel-prazer? Só existe hoje no país um poder que descredibiliza a democracia, chama-se judiciário. Os outros, são fáceis de corrigir. O judiciário precisa ser enfrentado pela sociedade, refundando-o, em bases democráticas e sujeito ao soberano. Leia, comente e divulgue!!!

Nenhum comentário: