23 de dez de 2013

CIA ajudou Colômbia a matar líderes das Farc, diz "Washington Post"

A CIA, agência de inteligência americana, ajudou o Exército colombiano a matar ao menos 24 líderes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) através de um programa secreto, revelou neste domingo o jornal “Washington Post”. A Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos também contribuiu com o governo colombiano com “ajuda substancial em escutas telefônicas”, de acordo com a reportagem.

O diário indica que o plano contra as Farc, uma organização guerrilheira que atua há mais de 40 anos na Colômbia, foi autorizado pelo presidente americano George W. Bush em 2003, durante o governo de Álvaro Uribe. As operações reveladas esta semana não estavam no orçamento destinado ao “Plano Colômbia”, um programa de US$ 9 bilhões criado pelos EUA para combater o narcotráfico.

Do G1.
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Nenhum comentário: