14 de dez de 2013

Babilônia em chamas: Governador do Rio já admite apoiar Lindbergh. Lula trabalha com essa mesma tese no Maranhão (Com a Veja)

Lindbergh e Cabral nos tempos em que um ainda sorria para o outro
No mesmo palanque em 2014?
Na cúpula do PT, em tom de confidência ao interlocutor, o que mais se repete é que Sérgio Cabral já teria admitido a Lula que, se em março Luiz Fernando Pezão não decolar, ele apoiaria o petista Lindbergh Farias para o governo do Rio de Janeiro.
Sobre o Maranhão, o presidente nacional do PT Rui Falcão defende abertamente o apoio a Fl´vio Dino (PCdoB) e Roseana Sarney para senadora. Caso essa engenharia não prospere o PT teria, então, candidatura própria e não apoiaria o PMDB.
Com Lauro Jardim, da revista Veja.
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Nenhum comentário: