13 de nov de 2013

Ex-governador Jackson Lago será homenageado no Senado Federal

No Senado do Sarney, Jackson Lago será homenageado: o contraditório da democracia

Na Câmara dos Deputados, em Brasília, o deputado federal Domingos Dutra (SDD/MA), informou que no dia 03 de dezembro às 11h, acontecerá no Senado Federal, uma solenidade de entrega da Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara em homenagem ao ex- governador Jackson Lago. “Haverá uma solenidade no Senado Federal, muito importante para o Maranhão, para os trabalhistas deste País e para a democracia brasileira: a entrega da Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara”, informou o deputado.

A homenagem será recebida por Clay Lago, viúva do ex-governador que, foi prefeito de São Luís por três vezes seguidas: de 1989 a 1992, de 1997 a 2000 e de 2001 a 2002 e teve o seu mandato de governador cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2009. “Jackson Lago foi governador do Maranhão, derrotou a única e mais antiga e perversa oligarquia do Brasil. Não pôde governar em face das chantagens que eram praticadas e, ao final, foi cassado, por quatro votos a três, pelo Tribunal Superior Eleitoral, sob a acusação de abuso de poder político. Foi cassado injustamente”.

Segundo o parlamentar, o falecimento do ex-governador Jackson Lago em 2011, foi decorrente da cassação injusta e, sobretudo, da sua não candidatura, pois, a Justiça Eleitoral só liberou a sua candidatura em 2010 faltando 48 horas para o pleito.

No Plenário, o deputado aproveitou para convidar todos os parlamentares a participarem da homenagem. “Quero desta tribuna convidar todos os Deputados do PDT e todos os Democratas para esta solenidade, que será uma forma de desagravo não apenas à memória de Jackson, mas um desagravo à democracia brasileira, já que Jackson Lago foi cassado injustamente”, completou o deputado.

Para o parlamentar, a cassação do ex-governador Jackson Lago além de injusta retornou o estado do Maranhão ao controle da mais tirana e antiga oligarquia do Brasil.
Da assessoria.
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Nenhum comentário: