16 de out de 2013

Babilônia em Chamas: Cabral pede a Rui Falcão para PT não entregar cargos do governo

Imaginem o senador Sarney?


O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB, foto abaixo) pediu ao presidente nacional do PT, Rui Falcão, para que os petistas não entreguem neste momento os cargos que ocupam atualmente em sua administração. A conversa entre Cabral e Falcão ocorreu pelo telefone na última sexta-feira, momentos antes da reunião para discutir a saída do PT do governo.

O contato feito pelo governador foi revelada pelo próprio Falcão aos petistas, com a presença do senador Lindbergh Farias, pré-candidato ao governo em 2014, e de deputados da legenda, antes do início da reunião da executiva regional. Cabral apoia a pré-candidatura do vice-governador Luiz Fernando Pezão.
Segundo petistas presentes no encontro, Cabral argumentou que não era o momento para o PT entregar os cargos. O motivo seria para não prejudicar a aliança nacional com o PMDB e, consequentemente,a reeleição da presidente Dilma Rousseff. No telefonema, segundo informou Falcão aos petistas, Cabral não descartou apoiar a Lindbergh. No entanto, publicamente, Cabral sempre negou esta possibilidade.
Cássio Bruno, O Globo.
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.


Foto: Pablo Jacob / O Globo

Nenhum comentário: