28 de out de 2015

O malabarismo da mídia para esconder a liderança de Lula no Ibope. Por Paulo Nogueira



Estava aqui me divertindo com o malabarismo da mídia para esconder o excelente número de Lula no Ibope desta segunda.
A informação realmente importante é que 23% disseram que votariam com certeza em Lula em 2018. Aécio, o segundo colocado, ficou oito pontos atrás.
Quer dizer.
Com toda essa caçada a Lula promovida pela mídia, eis que ele está com larga margem na frente.
Um dos raros bons jornalistas políticos do Estadão, José Roberto Toledo, disse tudo: “Está explicado por que o fantasma do terceiro mandato assombra a oposição.”
A pesquisa é uma brutal cacetada na imprensa e em seus colunistas. O grau de persuasão de jornais, revistas e articulistas é pateticamente baixo.
Lula era para estar abaixo de zero, se a voz da mídia fosse levada a sério pela sociedade.
Particularmente, não me impressiono, dada a ruindade de classe mundial da imprensa brasileira e seus colunistas.
Você imagina o que vai acontecer quando Lula estiver, de fato, em ação.
Pense como seria um debate entre ele e Aécio.
Se a direita brasileira fosse inteligente, veria que o caminho é outro para conquistar corações e votos.
O brasileiro não é idiota, mas é tratado como tal por jornais e revistas.
Agora mesmo na pesquisa.
Para fugir dos 23% de Lula, o Globo deu no título sua rejeição de 55%.
Mas um momento.
A rejeição de Marina, a boazinha, subiu de 30% para 50% em um ano. A de Serra, com ele mudo, está em 54%. A de Alckmin, em 52%.
E Aécio já chegou a 47% de rejeição, cinco ponto mais  do que ele tinha na época da eleição em que foiderrotado.
Leia-se assim: tudo que Aécio conseguiu, nesta louca cavalgada pelo golpe, é ser mais rejeitado entre os brasileiros.
Mas a notícia do dia, e da pesquisa, é Lula.
A mídia vai continuar a tentar matá-lo.
Lula é, no entanto, desde já, o favorito disparado para 2018.
Por Paulo Nogueira.
Enviado por Eri Santos Castro.
#Compartilhe.

Nenhum comentário: