12 de set de 2014

Mesmo impedido e mostrando total parcialidade, Guerreiro Junior retorna prefeito da Raposa

foto-17
Decisões de “Guerreiro” beiram o absurdo…

Se existia alguma dúvida que o Desembargador Antonio Pacheco Guerreiro Júnior, Vice-Presidente e Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), atua de forma parcial, para não dizer partidária, no manto da função, na tarde desta quinta-feira 11/09, foi confirmado.

No último dia 20/08, na Cidade de Bacabal, o Desembargador atrapalhado protagonizou um dos fatos mais patéticos da história do judiciário maranhense. Durante a passagem de Paulinha Lobão pelo Município, Guerreiro mandou sua “assessora mais que especial” Gisele Veloso, distribuir placas com a foto e mensagem do magistrado, deixando claro que o “Desembargador do Povo” tem seu lado político (REVEJA MATÉRIA).

Nesta quinta-feira, Guerreiro Junior aprontou mais uma das suas muitas bizarrices. Mesmo impedido de atuar no processo que sua filha, a advogada Fernanda Katherine Azevedo Guerreiro Mota faz parte da defesa, o magistrado decidiu através de decisão liminar retornar o Prefeito cassado do Município de Raposa ao cargo.
Ignorando o pedido de Exceção de Suspeição formalizado pela Prefeita Talita Laci, já em posse do Des. Clodomir Sebastião Reis, membro da corte eleitoral, Guerreiro imoralmente voltou Clodomir de Oliveira dos Santos a Prefeitura de Raposa.

Além da imoralidade, o Vice-Presidente e Corregedor expõem a imagem do TRE-MA novamente, uma vez que passa por cima das próprias regras do judiciário maranhense.
Favorecimento a João Marcelo, filho de João Alberto.

0-74
Candidato a Deputado Federal do Prefeito que retornou ao cargo, João Marcelo, filho do Senador João Alberto foi favorecido com a Decisão de Guerreiro Junior.

Não é somente a Cidade de Bacabal que aproxima o Desembargador do Senador João Alberto(PMDB). A Decisão de Guerreiro Junior favorece diretamente o candidato a deputado federal João Marcelo(PMDB), filho do seu amigo de longas datas.

No dia do episódio das tais plaquinhas com imagens de Guerreiro em ato político na Cidade de Bacabal, João Marcelo filho do Senador João Alberto, não escondeu a relação política que possui com o Desembargador, e exibiu a “homenagem”, como mostra a imagem ao lado.

João Marcelo é o candidato a Federal do Prefeito cassado de Raposa, Clodomir de Oliveira, que retornou ao cargo graças à bondade e imoralidade da decisão de Guerreiro nesta tarde.

Portanto, o “distinto” Des. Antonio Pacheco Guerreiro Júnior, homem responsável pela transparência e lisura do processo político eleitoral do Estado, sujeito que deveria atuar na apuração destas eleições com a máxima isenção, precisa rever seus conceitos, melhor, suas decisões, sob risco de colocar todo o judiciário maranhense num descredito sem fim…

Abaixo comprovação que a filha do Desembargador Guerreiro Junior é advogada de defesa de Talita Laci:

Decisão

Com o Blogue Domingos Costa, confira aqui!

Enviado por Eri Santos Castro.

Compartilhe.

Nenhum comentário: