18 de ago de 2014

Amigos de Flávio Dino no colégio Marista destacam trajetória de justiça e respeito


Amigos que dividiram as mesmas turmas com Flávio Dino no Colégio Marista, em São Luís, promoveram um encontro recente para relembrar os tempos de estudo e desejar uma caminhada vitoriosa para o colega que disputa o cargo de governador do Maranhão nas eleições deste ano. “Nós acreditamos na vitória de Flávio. Ele sempre foi essa pessoa justa e sempre vai ser assim”, afirmou Alcides Carneiro, que hoje reside em Primeira Cruz.

O jornalista Eri Castro enfatizou que Dino desde cedo reúne três características importantes que o credenciam a fazer um grande trabalho pelo Estado: generosidade, inteligência e disciplina. “Esses elementos transformam o Flávio nessa pessoa competente que nós reconhecemos hoje. A mensagem que deixo é que ele cuide bem do Maranhão”, disse. 

Durante o encontro, Hamilton Macau, que hoje é administrador de empresas, lembrou também que a atuação política de Flávio começou na escola, quando foi presidente do grêmio estudantil. “Sempre teve o respeito de todos. Estamos muito esperançosos e que ele possa ajudar nosso Estado, que há tanto tempo está nessa letargia. Não tenho a menor dúvida que essa mudança é necessária e será conquistada com o Flávio”, espera. 

Justiça social
O empresário Roberto Carlos também falou do destaque político que Flávio teve na escola. Ao lado dele, participou da primeira campanha para o Centro Cívico do Marista. Conforme destacou, Dino, quando presidente do grêmio, trabalhou pela democracia no ambiente escolar. “Esse momento é dele, que ele promova um governo de mudança e de rompimento deste ciclo político que está aí”, frisou. 

Aos amigos, Flávio falou que o encontro se deu em um momento desafiador. O caminho que tem trilhado na política se iniciou ao lado deles, em março de 1983, quando falou pela primeira vez em um microfone, no auditório da escola. Também no Marista, recebeu a formação cristã, voltada para a justiça social, a dedicação aos mais humildes.  
 
“Estamos aqui celebrando a amizade. Todos estarão comigo no símbolo não do poder pelo poder, mas o símbolo da instituição das causas que nós abraçamos quando éramos bem jovens, a causa da justiça, da solidariedade, da misericórdia. É nisso que aquela casa vai se transformar, em uma casa de serviço para melhoria da vida das pessoas”, disse. 

Da assessoria.
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Nenhum comentário: