8 de jul de 2014

Bomba, bomba,bomba: Edinho Lobão não terá apoio do PV nas eleições

002
001
Edinho Lobão perdeu o apoio de um dos principais partidos de sua base. O PV, comandado por Zequinha Sarney. Em ata encaminhada à Justiça Eleitoral, a convenção do PV decidiu não coligar com o PMDB nas eleições majoritárias. Com isso, Edinho Lobão e Gastão Vieira (ambos do PMDB) não terão o apoio dos verdes nas eleições.

A Convenção do PV foi realizada em 27 de julho de 2014 e presidida por Zequinha Sarney. O partido decidiu não formar na coligação majoritária com o PMDB e lançar candidatura própria para o Senado: Washington Rio Branco (PV), ex-secretário de Meio Ambiente do Maranhão e vice-presidente da sigla no Estado.

A notícia cai como uma bomba nas ostes governistas. Fontes do blog afirmam que chegaram a sugerir a ideia de fraudar uma nova ata. Mas, ao perceberem que já tinham encaminhado a ata para o TRE (assinada por diversos políticos de expressão, inclusive parentes próximos da governadora) a ideia foi abortada.

Afinal, a fraude seria descoberta e traria sérias implicações penais ao filho e ao neto do senador José Sarney, que assinaram a ata original, subscritas por deputados e dirigentes partidários.

Vale lembrar ainda que o vice-presidente Washington Rio Branco foi ao TRE no dia limite para registro de candidaturas e anunciou que concorreria ao Senado Federal.

Confusão para proporcionais
Todos os especialistas ouvidos pelo blog afirmaram que ao decidir não formar a coligação majoritária, o PV não poderia coligar nas proporcionais com partidos que terão candidatos para senador e governador.

Pela decisão, o PV só participaria somente de coligações proporcionais com o PMDB. E terá nomes de peso, como o presidente estadual do PV/MA, deputado federal Sarney Filho e Victor Mendes, que também tentará uma vaga em Brasília.

Para a Assembleia Legislativa, o PV indicou Edilázio Júnior, Hemetério Weba, Magno Bacelar e Rigo Teles, que disputarão a reeleição. Dentre os novatos, destaque para Adriano Sarney, o primeiro de sua geração a tentar um cargo eletivo, após a frustrada pré-candidatura para prefeito de Paço do Lumiar em 2012.

É aguardar para conferir o desenrolar da novela PV/MA.

Leia mais no site - http://www.marrapa.com/ com Leandro Miranda.
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Nenhum comentário: