18 de fev de 2014

Bolsonaro está prestes a se tornar o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. É um absurdo!


Caros amigos do Brasil,

Bolsonaro está prestes a se tornar o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. É loucura! Vamos dizer às lideranças partidárias que queremos alguém com um histórico de luta pelos direitos humanos. A eleição da presidência da comissão é amanhã! Assine agora e envie para todos!

Bolsonaro e direitos humanos são coisas contraditórias. Mas, por incrível que pareça, tudo indica que ele vai ser o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), para suceder a Feliciano. Só temos um dia para evitar que isso aconteça!

Há vários deputados e deputadas que seriam uma escolha melhor para este cargo tão importante, mas os grandes partidos têm prioridades diferentes, e, de vez em quando, deixam a Comissão de Direitos Humanos para oportunistas procurando por um palco para se exibir. Para quem não sabe, Bolsonaro já deu declarações racistas, homofóbicas, machistas e anti-democráticas. É esse o líder que queremos para representar as minorias do país? Não, por isso é fundamental que a gente manifeste, desde já, a nossa insatisfação.

Vamos dizer aos líderes partidários que queremos alguém com um histórico na luta de direitos humanos presidindo a CDHM. Assine agora, passe adiante e mobilize o máximo de pessoas que puder. O tempo urge! As eleições para presidência das comissões são amanhã!

Um comentário:

Farol Conservador disse...

O Bolsonaro é muito melhor que a própria ministra de DH. Direitos humanos não é pegar pessoas em maus lençóis, encher de mordomias e chamar de coitadinho. Estas pessoas precisam aprender a fazer por si próprias. Direitos humanos é cuidar de vítimas de bandidos, vistoriar hospitais, cuidar dos maus tratos a crianças, verificar casos de crianças desaparecidas.
http://farolconservador.blogspot.com/