5 de jan de 2014

Sobre Pinheiro, a serpente de 7 cabeças e as mortes de Sarney

A grande batalha, entretanto, não será travada em campo aberto e visível. É 

muito mais complexo. Hidra, na mitologia grega, é uma serpente de sete (7)


cabeças que renascia assim que cortadas. A rigor, na civilização maranhense, 


ela representa a família Sarney e seus asseclas. E o rabo dessa serpente fica 


em Pinheiro, pois as excrescências piores da política maranhense coexistem 


naqueles campos verdes-cinzas.



Quantas vezes Sarney morreu? - Várias. Vou lembrar de seis (6) mortes 


recentes: quando teve de fugir do Maranhão pra ser candidato a senador pelo


Amapá; quando da sucessão de Cafeteira, em 1990, que ele queria impor a 

candidatura do seu filho Zequinha Sarney; quando foi demonizado por

Collor, nas eleições presidenciais de 1990; quando o PSDB defenestrou a sua 


filha Roseana Sarney, no famoso caso LUNOS, da Polícia Federal; quando


Alexandra Tavares desalojou toda a sua família do Palácio dos Leões e 

quando da derrota de Roseana Sarney para Jackson Lago, nas eleições de 

2006. Portanto, é um mito a sua a sua 'imbatibilidade'. Ele, a rigor, é um 

equilibrista na política. Uma espécie de um 'camaleão no espelho.'


Em 2014, não adianta apenas ganhar às eleições de governador com Flávio 


Dino e pra senador com Roberto Rocha. Temos que mudar a atual composição


da Assembleia e Câmara Federal. E em 2016 eleger prefeitos e vereadores 


comprometidos com esse grande movimento de renovação da política 


maranhense, algo que o saudoso Jackson Lago não percebeu e quando teve a


oportunidade de eleger prefeitos e vereadores desse movimento da 


renovação não apoiou e não ajudou. Exemplo a eleição que Drº Leo Castro 


participou como candidato a prefeito de Pinheiro, em 2008.



Se Jackson Lago ajudasse a eleger uns 20 prefeitos e maiorias nas 20 


Câmaras Municipais, o resultado das eleições pra governador, em 2010, seria 


outro. Ele voltaria nos braços do povo, algo que não ocorreu. 



Portanto, para derrotar definitivamente o grupo Sarney e seus asseclas 

açulados precisamos não apenas eleger Flávio pra governador e Roberto pra 

senador. Precisamos eleger deputados estaduais e federais e completar a 

grande batalha em 2016 derrotando os ciborgues da família Sarney nas 

eleições de prefeitos e vereadores em todo o Maranhão, inclusive minha terra 

natal PINHEIRO.


Afinal, a escaramuça está próxima e há no horizonte uma nuvem baixa e

escura, que prenuncia chuva. Água para uma política seca de ética, 

honestidade e ideias pra transformar. Eis minha epifania de hoje.

Um comentário:

Anônimo disse...

Em 2014 a serpente perderá sua sétima e última vida! O monstro solta seus últimos escrementos que começou em pedrinhas, seguindo por tor Estado do Maranhão até o Amapá.