5 de jan de 2014

Saiu em O Globo: Flávio Dino convence o Governo Federal autorizar empresas estrangeiras a operar voos domésticos para combater preços abusivos de passagens

A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffman, confirmou em entrevista à "Folha de S. Paulo" que o governo pode autorizar as companhias aéreas estrangeiras a operar voos domésticos durante a Copa para combater eventuais aumentos de preços abusivos das passagens. Segundo a ministra, a medida pode ser adotada por meio de medida provisória. A hipótese de abertura provisória do mercado doméstico durante o Mundial, ainda em discussão no governo, foi antecipada pelo GLOBO em outubro.

Em outubro, o presidente da Embratur, Flávio Dino, já defendia essa autorização provisória e disse ao GLOBO que enviaria ofício à Secretaria de Aviação Civil (SAC) e ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) propondo a mudança para combater os preços abusivos. Na época, um bilhete da ponte aérea Rio-São Paulo durante a Copa, no dia 12 de julho, custava R$ 2.593.



Nenhum comentário: