9 de jan de 2014

Exclusivo: Delegado Jefferson Portela aponta descaso integral com o Sistema de Segurança do MA e diz que tudo que está acontecendo é apenas a ponta de um enorme ICEBERG

Serenidade, competência, coragem e solidariedade: eis os atributos do ex-Delegado Geral do governo Jackson Lago e ex-presidente da Adepol-MA Jefferson Portela.

Jornal Pessoal Eri Castro- JEFFERSON QUAL A TUA OPINIÃO SOBRE AS BARBÁRIES QUE ESTÃO ACONTECENDO NO SISTEMA DE SEGURAÇA DO MARANHÃO? COMO EX-PRESIDENTE DA ADEPOL-ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO MA E CONHECEDOR PROFUNDO DESSE SISTEMA, COMO FOI PERDIDO R$22 MILHÕES PARA CONSTRUÇÃO DE NOVOS PRESÍDIOS E QUAL A RAZOABILIDADE DA APLICAÇÃO DOS R$ 100 MILHÕES PARA O SETOR PRISIONAL MARANHENSE?

Jefferson Portela- Descaso integral com o Sistema de Segurança. Não há nenhum programa orientando as ações, como o que foi trabalhado na Colômbia, voltado para a superação das causas da violência. O atual gestor da SSP é detestado pela absoluta maioria das três corporações (múltiplas razões) e não tem credibilidade junto ao Poder Judiciário e Ministério PÚBLICO e a outras instituições (prejuízo para respostas sistêmicas e integradas). 

As ações são reativas e as respostas programadas. O GOVERNO devolveu os recursos pela simples razão de não fazer concurso público para agentes penitenciários (a maioria não é de carreira) e para não assumir gastos com a manutenção de outros prédios. Fazem anexos ao complexo de Pedrinhas e não presídios regionais (interiorização/municipalização) e juntam ali autores de crimes simples aos da criminalidade organizada. Gastar 100 milhões em estruturas desumanizadas será investir na retroalimentação do caos gerado pela violência. Tosca e organizada.

Nenhum comentário: