26 de dez de 2013

O que aconteceria com Mandela em Pedrinhas? Ate quando vamos permitir que Pedrinhas exista?



A propósito do natal, lembrando de Jesus e de sua mensagem na terra e provocado pela inevitável similitude entre sua mensagem e a de Nelson Mandela, que dedicou a vida a lutar pela dignidade humana, pela igualdade entre os homens, pelo fim da opressão de um ser humano por outro, lembrei que Mandela passou a maior parte de sua longa vida numa prisão. Numa solitária, tao perigosa a sua mensagem para um regime de segregaçãoódio e discriminação.
Lembrei que Mandela, se tivesse sido preso no Brasil, mais precisamente em Pedrinhas, talvez não tivesse sobrevivido para libertar seu pais, para conquistar o fim do Apartheid, para ser Premio Nobel da Paz. 
Pensei que talvez Mandela tivesse sido decapitado numa rebelião de presos, talvez suas filhas e esposas tivessem sido violentadas em troca da sua vida, para que bandidos perigosos não o matassem no interior do presidio.
Se Mandela tivesse sido preso em Pedrinhas, talvez tivesse que aderir a uma das organizações rivais em troca de proteção, para salvar a propria pele. 
De tao brutalizado, ao sair da cadeia, talvez Mandela não fosse mais o líder da paz, do amor, da reconciliação e da verdade no seu pais, talvez Madiba se tivesse transformado num líder de uma facção a disseminar ainda mais ódioviolência e horror.
Ainda bem que Madiba nao estava em Pedrinhas. Até quando vamos permitir que Pedrinhas exista?

Um comentário:

Candido Lima disse...

O problema não é a existência de Pedrinhas. O problema é a gestão de Pedrinhas e pouco caso que governo do Maranhão faz dos presídios. O governo tem obrigação de proteger a vida daqueles que estão sob sua guarda.