20 de nov de 2013

Tese pelo rompimento da aliança com o PMDB vence o PED do PT

Em reunião realizada na noite de ontem (19), a executiva estadual do Partido dos Trabalhadores homologou o resultado do Processo de Eleição Direta divulgado pela Comissão Eleitoral e confirmou a realização do segundo turno entre os candidatos Raimundo Monteiro e Henrique Sousa, no próximo domingo (24).

Segundo dados oficiais do PED, já disponibilizados para executiva nacional pelo presidente da Comissão Estadual Eleitoral, Ivaldo Coqueiro, Monteiro obteve 3.005 votos, Henrique 2.134, Augusto Lobato 1.671, Rodrigo Comerciário 504, Mundico 467 e Eri Castro 175 votos, o que garante a maioria dos delegados favoráveis a tese do rompimento da aliança com o PMDB.   

O grupo do atual presidente Raimundo Monteiro já anunciou que vai recorrer da decisão à executiva nacional, mas enquanto não houver manifestação da direção nacional, prevalece a decisão da executiva estadual, ou seja, segundo turno para definir quem comandará o PT na sucessão estadual de 2014.

Além da eleição do presidente, o resultado oficial revela um quadro totalmente favorável a uma coligação com o PCdoB. Os delegados ao Encontro do PT, que vai definir a estratégia para 2014, no final de março do ano que vem, indica um placar totalmente favorável a coligação com Flávio Dino.

A chapa de Raimundo Monteiro elegeu 95 delegados, Henrique Sousa 65, Augusto Lobato 46, Rodrigo Comerciante 19, a chapa do militante Márcio Jardim elege 16 delegados, Mundico 14 e Eri Castro 7 delegados. Segundo um dirigente do partido, o placar seria de 132 X 128 pro tese do rompimento com o PMDB. No grupo que defende a manutenção da aliança com o grupo Sarney, segundo a mesma fonte, existem descontentamentos.  

Do Blogue Jorge Vieira, confira aqui!
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Nenhum comentário: