25 de nov de 2013

Eleições do PT: Uma 'Mensagem ao Partido' mais forte


T
Uma Mensagem ao Partido mais forte

As eleições internas do PT fortaleceram a Mensagem ao Partido, segundo os dados da apuração final da votação realizada no último domingo, dia 10.
A corrente terá 17 cadeiras no Diretório Nacional, um crescimento histórico de 30% na composição da direção partidária.
A Mensagem ao Partido reforçou sua capacidade de aglutinar forças por mudanças na direção partidária, ao conquistar votação expressiva para o Diretório Nacional, ampliando de 3 para 4 vagas seu espaço na Comissão Executiva Nacional.
No PED de 2013, a Mensagem ao Partido se consolidou como a segunda maior força no PT, sendo a única corrente a crescer nesse processo interno de eleições partidárias.
A apuração nacional foi encerrada na tarde desta quarta-feira (13). Foram computados 425 mil votos, sendo 378 mil válidos. Rui Falcão foi reeleito com 70% dos votos. O candidato Paulo Teixeira, segundo colocado, alcançou 20%.
Na Executiva, as correntes Articulação de Esquerda (chapa 220) e Militância Socialista (chapa 270), mantiveram 1 membro cada uma. A chapa que reuniu as correntes Movimento PT, Socialismo XXI e Esquerda Popular e Socialista (250) conquistou 2 vagas. A chapa 280, que reuniu as correntes Construindo um Novo Brasil, Novo Rumo e PT de Luta e de Massas garantiu 10 membros. As chapas organizadas pelas correntes O Trabalho, Esquerda Marxista e Brasil Socialista não obtiveram votos suficientes para uma vaga na Executiva. Com exceção da Esquerda Marxista, as demais vão compor apenas o Diretório Nacional.
Confira, abaixo, como ficou a divisão entre as chapas.

O PT mostrou força e coragem na realização de suas eleições internas: força ao mobilizar meio milhão de filiados, coragem ao se expor publicamente em um processo sem igual no Brasil. Desde já saudamos a valorosa militância do PT!

O PED, que se realiza depois das manifestações de junho e na ante-sala da disputa de 2014, mostrou que o PT precisa aprimorar muito sua organização e sua democracia para acolher novas gerações de militantes e jogar um papel mais decisivo ainda na disputa nacional. A versão predominante de partido tipicamente eleitoral não dá conta dessas dimensões estratégicas. Isso também, esperamos, deve ficar claro. Essa é uma reflexão que todas as correntes precisam fazer, sobre como continuar a transformar nosso partido para que ele possa transformar mais o Brasil.

Nosso movimento Mensagem ao Partido cresceu e se consolidou como a 2ª força nacional. Reforçou sua capacidade de aglutinar forças por mudanças na direção partidária, ao conquistar  a segunda votação com 77 mil votos, 20,53%, crescendo em relação a 2009, quando obteve cerca de 73 mil votos. O Partido que muda o Brasil, chapa mais votada, caminhou no sentido inverso, reduzindo sua votação de mais de 250 mil votos em 2009 para pouco mais de 200 mil agora.

A Mensagem ao Partido é a única chapa que ampliou sua participação na Executiva Nacional, passando de 3 para 4 membros. No Diretório Nacional, ampliou de 13 para 17 membros. Nossa delegação ao 5º Congresso será de 328 companheiras e companheiros.

Nosso candidato a Presidente, Paulo Teixeira, nos representou com firmeza e clareza de posições, alcançando votação de 79 mil votos.

Estaremos juntos com a nossa delegação ao 5º Congresso defendendo as teses do Socialismo Democrático e de um Partido que precisa e pode ser democrático no seu estatuto e na sua organização de base e de direção.

Estaremos na linha de frente da luta pela reeleição da companheira Dilma, pela conquista de governos estaduais e uma forte bancada no Congresso, estaremos, como sempre, juntos na luta pelo aprofundamento da revolução democrática no Brasil e na América Latina.
Mensagem ao Partido

Confira, abaixo, como ficou a divisão entre as chapas.
Compartilhe

Nenhum comentário: