8 de dez de 2015

Picciani: se Temer era decorativo, por que quis ser vice?


Luis Macedo - Câmara dos Deputados: <p>Leonardo Picciani </p>


Pegou muito mal, na bancada do PMDB na Câmara, a carta "confidencial" que o vice-presidente Michel Temer escreveu à presidente Dilma; para o líder Leonardo Picciani (RJ), o documento revela que o vice não tinha interesse no "fortalecimento da bancada" e, como consequência, "ficou incomodado"; após se denominar como "vice decorativo" no primeiro mandato, reclamando de falta de protagonismo, Temer se queixou, na carta, que Dilma o substituiu nas negociações pelo líder Picciani, que emplacou dois ministros na reforma ministerial; "Ele fala contra a presidente ter conversado comigo e ter indicado os dois deputados ministros. E em todo momento não defende a posição da bancada, mas dos seus aliados pessoais", respondeu Picciani.

Com Brasil 247.

Nenhum comentário: