7 de jan de 2015

Polícia Civil de Pinheiro, comandada pelo del Zé Raimundo Jardim, prende os assassinos confessos do ativista cultural Valdomiro Magno

O delegado Zé Raimundo Batalha Jardim em reunião com vereadores de Pinheiro anuncia a prisão dos assassinos confessos do ex-vereador e ativista cultural Valdomiro Magno.

No início da noite de ontem(06) a polícia civil de Pinheiro, através do delegado  José Raimundo  Batalha Jardim, anunciou a prisão dos dois assassinos confessos do ex-vereador e ativista cultural Valdomiro Magno. Trata-se do jovem  Patrik, filho de uma professora e do menor Carlos, filho de um policial militar. O primeiro foi preso em São Luís de posse do celular da vítima e o segundo, em Pinheiro, de posse do notbook da vítima. Ambos, em seus depoimentos, confessaram a autoria do crime. Valdomiro foi assassinado por volta das 5h de domingo (5). 

Os assassinos confessos admitiram que estavam drogados e queriam dinheiro da vítima. Antes do feito, a vítima serviu  seis ovos fritos com farinha e suco.

Nenhum comentário: