6 de set de 2014

Como o grupo Sarney manipula pesquisas eleitorais

O Sistema Mirante  promete para amanhã (06), a divulgação de pesquisa do Ibope sobre a sucessão estadual.

Desde abril deste ano, quando entrou na disputa substituindo Luís Fernando, o candidato do PMDB, Edinho Lobão,  prometia contratar  pesquisas de institutos com visibilidade nacional. De lá até aqui,  sem conseguir melhorar o desempenho de seu candidato, o grupo Sarney-Lobão se limitou a patrocinar a publicação de duas pesquisas feitas pela Econométrica, ambas vetadas pela Justiça Eleitoral.

É a primeira vez que o Ibope no Maranhão divulgará pesquisa sobre a sucessão estadual, faltando menos de um mês para a eleição. Em pleitos anteriores, o instituto  foi contratado com bastante antecedência, fazendo sempre prognósticos amplamente favoráveis aos candidatos do grupo Sarney, especialmente de  Roseana, cuja primeira candidatura ao  governo ocorreu em 1994.

Nesse ano, o Ibope entrou em ação para inflar a candidatura de Roseana, na época filiada ao PFL, em disputa com o ex-governador  Epitácio Cafeteira,  do PPR e o médico Jackson Lago, do PDT. A pesquisa do Ibope dizia que Roseana venceria a eleição com folga no primeiro turno, mostrando Cafeteria bem atrás com 28% e Jackson Lago com apenas 9%.  Mas como se sabe, a disputa foi acirradíssima, indo para o segundo turno. Para vencer a eleição daquele ano, o grupo Sarney teve que inventar um cadáver (o famoso caso Reis Pacheco) e fraudar o processo eleitoral. No Maranhão ficou conhecido o ditado de que naquele ano, Cafeteira foi dormir governador e acordou derrotado.

Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

No primeiro turno da eleição de 1994 o Ibope dizia que Roseana venceria fácil  logo no primeiro turno. A disputa foi para o segundo turno e Cafeteira só não venceu porque inventaram um cadáver
No primeiro turno da eleição de 1994 o Ibope dizia que Roseana venceria fácil logo no primeiro turno. A disputa foi para o segundo turno e Cafeteira só não venceu porque inventaram um cadáver

Mas foi na eleição de 2006 que os números das pesquisas contratadas pelo governo  mais destoaram da realidade. Naquele ano, como se sabe, Jackson Lago venceu a eleição no segundo turno, mas o Instituto Econométrica, contratado pelo Jornal O Estado do Maranhão, dizia que Roseana levaria a eleição já no primeiro turno e com folga, tendo vantagem de 16 pontos percentuais em relação ao segundo colocado. Naquela eleição a Econométrica errou o prognóstico do primeiro turno, às vésperas da eleição, por assombrosos 9 pontos!

Na eleição de 2006, a Econométrica dizia que Roseana já estava eleita no primeiro turno com ampla margem. A eleição foi para o segundo turno com vitória de Jackson Lago.
Na eleição de 2006, a Econométrica dizia que Roseana já estava eleita no primeiro turno com ampla margem. A eleição foi para o segundo turno com vitória de Jackson Lago.

O histórico de pesquisas eleitorais fraudulentas encomendadas pelo grupo Sarney às vésperas da eleição é, portanto, bastante conhecido da população maranhense e é tão somente  por essa razão que a pesquisa do Ibope de amanhã  é aguardada. Nas ruas as pessoas já se perguntam, quantos pontos  o Ibope tirará do candidato da oposição, Flávio Dino.

Nenhum comentário: