26 de jul de 2014

Na Grécia de Péricles, por Igor Lago-2345- deputado federal

CURTAS ELEITORAIS 2 -

Na Grécia de Péricles o eleitor participava diretamente das decisões. Nas modernas democracias o eleitor escolhe os seus representantes. Aí está o papel fundamental do eleitor: o de escolher aquele que irá decidir, formular leis, fiscalizar os outros poderes e se posicionar diante dos fatos que interessam a todos nós.

É preciso que o eleitor saiba da sua importância na eleição. É o momento mais democrático de uma sociedade: o voto do rico vale o mesmo que o voto do pobre; o voto do branco vale o mesmo que o voto do negro, do índio, do pardo; o voto do católico vale o mesmo que o voto do evangélico, de outras religiões ou do ateu.

Há todo tipo de eleitor, de candidato e de voto. Mas o melhor e maior de todos é o eleitor livre, o candidato livre e o voto livre!

O eleitor que não se curva aos poderes econômico e político municipal, estadual e federal e o candidato que não seja representante desses poderes podem fazer toda a diferença.

Juntos podem dar chance ao voto livre.

Pense nisso!
CURTAS ELEITORAIS 2 -
Na Grécia de Péricles o eleitor participava diretamente das decisões. Nas modernas democracias o eleitor escolhe os seus representantes. Aí está o papel fundamental do eleitor: o de escolher aquele que irá decidir, formular leis, fiscalizar os outros poderes e se posicionar diante dos fatos que interessam a todos nós.

É preciso que o eleitor saiba da sua importância na eleição. É o momento mais democrático de uma sociedade: o voto do rico vale o mesmo que o voto do pobre; o voto do branco vale o mesmo que o voto do negro, do índio, do pardo; o voto do católico vale o mesmo que o voto do evangélico, de outras religiões ou do ateu.

Há todo tipo de eleitor, de candidato e de voto. Mas o melhor e maior de todos é o eleitor livre, o candidato livre e o voto livre!

O eleitor que não se curva aos poderes econômico e político municipal, estadual e federal e o candidato que não seja representante desses poderes podem fazer toda a diferença.
Juntos podem dar chance ao voto livre.
Pense nisso!

Nenhum comentário: