4 de mai de 2014

Amparo se credencia e traz o Circuito Tela Verde para o Maranhão




O Circuito Tela Verde é uma iniciativa do Ministério   do  Meio Ambiente coordenada pela Secretaria de   Articulação Institucional e Cidadania Ambiental - SAIC, executada    pelo Departamento de  Educação Ambiental, em parceria  com a Secretaria do Audiovisual do Ministério da   Cultura  - MinC, que tem como  objetivo estimular a   produção  audiovisual independente sobre  a  temática   socioambiental. 
São parte do Circuito Tela Verde a Mostra Nacional   de  Produção Audiovisual Independente com Temática   Socioambiental e o Cine Ambiente - Edital de Curtas de   Animação de um minuto.

O Circuito Tela Verde ocorre em sintonia com os    princípios e objetivos da Lei 9.795/99 – que institui a  Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA) e com o Programa Nacional de Educação Ambiental. O Circuito surgiu em 2008, com o objetivo principal de atender à demanda dos espaços educadores por material audiovisual para se trabalhar a educação ambiental.

O Circuito promove a sensibilização, reflexão e mobilização dos públicos sobre o meio em que vivem, estimula a produção de materiais alternativos e independentes e leva filmes sobre a temática socioambiental para espaços exibidores de dentro e fora do país.
Jovens, crianças e adultos são estimulados a olhar seu meio e traduzir, em linguagem de audiovisual, suas realidades. 

Dessa forma, busca-se conscientizar as pessoas da importância de suas ações nos processos de gestão ambiental. A comunidade não só pode, como deve participar  destes processos  voltados para a sustentabilidade  e  consciência coletiva.

As atividades ocorrerão no mês de Junho (mês do meio ambiente).

No Maranhão foram escolhidas 35 entidades e a AMPARO é uma delas e exibirá em parceria com o INAPEM (Instituto Nacional de Administração, Projetos e Estudos municipais) o circuito Tela Verde para agricultores familiares em 19 municípios da Baixada Ocidental Maranhense.

Para o presidente da Amparo Maxwell Guerra, o evento abre com chave de ouro as ações da entidade no Estado. Estamos felizes e cheios de vontade de iniciarmos esta jornada. Iremos documentar em vídeo as sessões e fazermos um documentário e a AMPARO no ano que vem passará a ser entidade exibidora e também participante com o vídeo, frisou Maxwell Guerra.

Nenhum comentário: