5 de fev de 2014

Assassino de Décio Sá é condenado a 25 anos de prisão, Décio foi morto pra sempre


20140205-062537.jpg


O pistoleiro Jhonatan de Souza Silva, assassino confesso do jornalista Décio Sá, foi condenado na madrugada de hoje (5) a 25 anos e três meses de prisão pelo crime. A pena deve ser
cumprida em regime fechado, em Pedrinhas.
A decisão é do juiz Osmar Gomes, titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Capital, e foi proferida após dois dias de julgamento.
Também nesta madrugada o magistrado sentenciou o acusado Marcos Bruno a 18 e três meses, pena a ser cumprida também em regime fechado. Ele foi o homem que pilotou a moto em que Jhonatan chegou até o bar onde Décio fora assassinado.
“Esse tempo servirá para que vocês, que são jovens, reflitam que a vida é muito boa para que a gente possa viver com dignidade”, filosofou o juiz.
O julgamento dos outros nove acusados pelo crime prossegue na manhã desta quarta-feira.
Com Gilberto Leda, confira aqui!
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Nenhum comentário: